Istambul Gastronômica

by Coentro Comunica


Foi se o tempo que a Turquia era moda por aqui. Ainda assim, Istambul ainda é uma das capitais mais charmosas da Europa, porta de entrada para a Ásia, que mistura como nenhuma outra os costumes e ritos dos dois continentes. Além da música, cultura e religiões, a gastronomia é um dos seus maiores atrativos. Postamos aqui o roteiro definitivo da Paty para conhecer essa Istambul gastronômica.

 

Mercado das Especiarias

As três primeiras barracas à direita, de números 4, 6 e 8, são consideradas as melhores  do Mercado das Especiarias de Istambul. Elas, que são do mesmo dono, foram as mais bem avaliadas pelo Ministério da Saúde. É lá que os Reis da Jordânia e Arábia Saudita, por exemplo, compram seus temperos favoritos. Procure pelo simpático Ismet, que trabalha ali há mais de 20 anos, e se prepare para encontrar os mais poderosos chás de todos os sabores, pistaches, damascos e outras frutas secas, pimentas, café turco, açafrão iraniano e as famosas delícias turcas, espécie de bala de goma super tradicional do país. Reserve no mínimo 100 euros para essa missão porque vale realmente a pena investir! 

Arredores do Mercado das Especiarias

Não deixe de explorar também as ruas em volta do Mercado, a “25 de Março” turca. É imperdível ver toda aquela zona de lojas de bijuterias, lenços, malas, eletrônicos, louças e utensílios domésticos junto a camelôs de todos os tipos e barracas de especiarias, queijos, azeitonas, frutas e legumes, peixes e mais carrinhos de kebabs, milho verde e sorvete. Leve a máquina e se prepare para as melhores fotos da viagem.

Comida de rua em Istambul

A exemplo do que se vê nos arredores do Mercado, na rua se encontra muito milho verde e castanhas tostadas, que soltam um cheiro doce e delicioso no ar. Por todos os lados há também pães de gergelim em formato de rosca e carrinhos de kebab de cordeiro com aqueles döners enormes, aqui chamados de espeto grego. Experimente também o sorvete de leite de cabra hiper cremoso que os vendedores jogam para cima que nem panqueca!

Pides e Lahmacun no Sütis Special

Não ache que você vai encontrar só kebab na Turquia. Há outros tipos de lanches rápidos no país, como a pide, tipo de esfiha aberta em formato de barco, e a lahmacun, espécie de pizza local de massa bem fininha. O Sütis é uma rede de lanchonetes bem bacana onde é possível provar estas comidinhas. A pide de queijo e a lahmacun de carne com queijo são ótimas pedidas.

Ler a borra no Café Aperitif

Este pode ser um dos programas mais surpreendentes de sua visita à Istambul: tomar um bom café e ler a borra depois. Mas não entregue esta tarefa para qualquer turco, tem que ser alguém recomendado e de confiança. Hatice Veja, proprietária do simpático Café Aperitif, no bairro do Taksim, é ótima para esta prática secular passada de geração para geração. Ela faz um café delicioso, perfeito para encerrar um almoço lá mesmo, onde tem sempre um prato do dia muito gostoso e caseiro. Mas Hatice não fala inglês, procure um local para te ajudar na tradução. E o mais importante, não tenha medo e deixe-se revelar! Tenha coragem de ouvir o que ela tem a dizer. Hatice é muito sensível, domina esta técnica e costuma acertar muito.

Restaurante Asitane

Próximo à Igreja de Chora está o Asitane, restaurante de cozinha otomana que reproduz as receitas, ingredientes e técnicas de preparo originais do Império dos Sultões. Praticamente um museu, os pratos indicam o ano ou século de cada receita. Como prato principal, prove o Arroz com açafrão e grão-de-bico, datado de 1539, o Arroz com trigo, castanhas, uvas passas, cominho e especiarias, de 1473, o Pernil de cordeiro assado com purê de espinafre e queijo fresco, de 1764, ou ainda a Vitela temperada com canela e pimenta, servida com molho de damasco, de 1844. De sobremesa, peça o Arroz doce com açafrão, de 1471. Que tal?

Bairro Ortaköy e The House Café

Este bairro pitoresco e descolado à beira do Bósforo é muito frequentado pelos jovens e universitários. Quase não há turista, o que é interessante para observar o povo local. Lá tem muitos bares, restaurantes, pubs, sorveterias, cafés e, aos domingos, uma charmosa feirinha de artesanato. Um restaurante bem bacana é o The House Café, ao lado da Mesquita que dá nome ao bairro. Ali você pode comer uma salada maravilhosa com um chá gelado com especiarias, por exemplo, e curtir a vista.

Tomar um café no Ciragan Palace Kempinski

Também em Ortaköy, um programa mais chique é ir tomar um café no elegante Ciragan Palace Kempinski, antigo palácio construído pelo sultão Abd-ul-Aziz que queimou num incêndio e, após uma reforma, se transformou num dos hotéis mais luxuosos de Istambul, do grupo alemão Kempinski. Lá é possível pedir um café que vem com três tipos de açúcar e acompanhado de diversos biscoitinhos amanteigados, pequenos fondants e mini trufas de chocolate servidos em salvinhas de prata, tudo isso embalado ao som de clássicos no piano de cauda. Ali também servem-se finger sandwichs ingleses e toda a viennoiserie, com os doces típicos europeus como a linzer torte - tortinha de amêndoas com geleia de framboesa, e asachertorte – torta de chocolate com recheio de damasco. Ao pôr-do-sol, o programa é ainda mais especial. Peça uma taça de champagne e brinde a vista turquesa da piscina que se mistura ao Bósforo, inesquecível!

Endereços

Sütis

Não tem site. Há vários endereços. Informe-se pelos telefones 512 01 61 ou 522 02 54

Café Aferitif

Taksim, Topçu Cad. No: 3/C, Talimhane, Istambul. Tel: (212) 254 34 34

Nao tem site.

Rouge About Wine

Lamartin Cad. 11/2, Taksim, İstanbul. Tel: (212) 237 01 90

http://www.rougeaboutwine.com/ (tá no cartão e até no face deles, mas ta fora do ar)

Asitane Restaurante

http://www.asitanerestaurant.com/

The House Cafe

http://www.thehousecafe.com/

Ciragan Palace Kempinski

http://www.kempinski.com/en/istanbul/Pages/Welcome.aspx