Cartagena: Caribe, gastronomia e história

by Coentro Comunica


Patrimônio Mundial da Humanidade, Cartagena é uma cidade colonial linda, mas um pouco caótica durante o dia, com camelôs nas ruas e bastante barulho. Deixe para explorá-la à tardinha ou à noite, quando o sol baixa, e passe o dia nas praias próximas, onde você chega de lancha rápida (fuja dos grandes barcos  e tours por várias ilhas, é roubada!) Reserve pelo menos um ou dois dias para conhecer seus museus, fortes e igrejas antigas, muito interessantes, e reparar em suas casinhas de fachadas coloridas! É uma delícia passar uma tarde na Livraria Abaco tomando um tinto, café coado na gíria local, sempre ótimo nesse país, e folheando livros e revistas! Nos outros dias, se jogue no mar cristalino do Caribe, ache uma sombra e aproveite!

Passeio de charrete

Boa forma de conhecer a cidade, que tem o centro histórico fortificado com 13 quilômetros de muros de pedra, é fazer um passeio de charrete, uma verdadeira volta no tempo. Sugiro fazer à noite, quando Cartagena é ainda mais linda e charmosa. É romântico, um pouco cafona, mas divertido!

 Playa Blanca da Isla Baru

 As praias de Cartagena não são bonitas. Por isso, todos que vão para a cidade passam o dia nas ilhas e praias próximas, e a minha preferida é Playa Blanca da Isla Baru. Aliás esse é o passeio para fazer quase todos os dias! Acorde cedo e vá de lancha rápida direto para lá, a viagem demora cerca de 40 minutos! Não é preciso reservar, vá a pé até o porto e compre na hora a passagem na bilheteria. Evite os passeios por várias ilhas, que demoram muito, ou aqueles barcos enormes e lotados de turistas. Sugiro ir cedo, perto das 9h da manhã, e voltar em lá pelas 16h. Chegando lá, fuja da muvuca (você mal vai descer do barco e já vão te oferecer uma tatuagem de henna!) Mas não entre em pânico. Alugue a última cabana que avistar e relaxe. É a praia de cor mais linda que já vi em toda minha vida, cristalina, azul, azul!!! Almoce por lá mesmo o autêntico PF das praias colombianas: peixe frito, arroz de coco e patacón, que são discos de banana da terra verde fritos. Na volta é tomar banho, descansar gostoso e sair para jantar nos inúmeros restaurantes que têm na cidade.

Comida de rua

A comida de rua na Colômbia é imperdível! As frutas tropicais caribenhas são símbolo de Cartagena! Elas são vendidas pelas palenqueras, senhoras que lembram as nossas baianas com vestidos coloridos e bacias na cabeça. São incríveis as arepas, discos de milho que podem ser fritos, recheados de ovo, ou assados, servidos com queijo, por exemplo. Mas a comida oficial da cidade mesmo é o coquetel de camarão e frutos do mar, que lembra o nosso, só que picante e com bastante coentro. Eles vendem em copos de plástico de diferentes tamanhos!! Às vezes são chamados de bomba, uma brincadeira com seus efeitos energizantes!

Restaurante Krioyo

Outro lugar delicioso, o Krioyo tem mesas ao ar livre e ótimos drinques. Peça o Ceviche Bomba, com ostras, camarão, chipi chipi (um marisco) e molho rosê, ou o Ceviche de Caranguejo fresco, incrível! Para beber, Mojito de lulo, fruta mais famosa da Colômbia, ou a Margarita de corozo, um coquinho de lá!

Restaurante La Cevicheria

Restaurante que lembra o interior de um barco, o La Cevicheria é um dos mais gostosos que passei. Dá vontade de voltar ainda na mesma viagem para provar tudo! Se quiser ser vintage, peça um coquetel de camarão e uma cuba libre!! Mas o melhor prato que provei foi de mariscos cozidos no vinho branco ao estilo moules et frites, só que colombianos, acompanhados de patacones e suero costeño, o creme azedo local.

Restaurante La Casa de Socorro

Maior sucesso da Cartagena, O La Casa de Socorro fica fora da cidade amuralhada, mas é fácil de achar. É enorme e está sempre muito cheio. Prove o Arroz com mariscos com suero costeño. Para beber, cerveja Club Colômbia!

Sofitel Santa Clara

Para uma noite mais fina, se arrume um pouco mais e vá tomar um drinque e dançar no Sofitel, que sempre tem música ao vivo. E aproveite para se arriscar nos ritmos latino-americanos como salsa, merengue e cúmbia!