CARNAVAL DA COENTRO

by Coentro Comunica


Se tem uma festa que a gente ama é o Carnava!. Aqui no escritório, já fizemos nossa seleção de fantasias, demos pitaco nas escolhas alheias e elegemos os melhores bloquinhos de rua - a gente gosta mesmo! Como todos sabem, outra coisa que curtimos é comer bem na cidade. Para nossa sorte, vários restaurantes que atendemos fizeram uma programação especial para a data e pensaram em todos os detalhes, incluindo entradinhas leves, receitas para meter o pé na jaca e até mesmo um suco pra curar a ressaca!

No Obá, o cardápio começa a ser servido no jantar do dia 12 e segue também no almoço até o dia 17. Lá dá pra provar receitas como a Casquinha de siri molhadinha com farofa de manteiga; a Saladinha thai de frango com ervas aromáticas para comer na alface e as Chimichangas (foto ao lado),  burritos dourados recheados de suculento pernil com pimentas e geleia de abacaxi. Ó abre alas que eu quero passar: tem ainda uma margarita frozen de boas vindas. O nome do menu? “Taí, eu fiz tudo para você gostar de mim”!

Animada, a chef Flavia Marioto, da Mercearia do Conde, convida todo mundo pra pular de prato em prato atrás do Trio Elétrico, do dia 13 ao dia 18. O cardápio especial oferece uma entrada, um prato principal e uma sobremesa. Nossa sugestão é pedir o risoto de arroz negro com confetes de legumes e queijo de cabra, que é incrível! Como cortesia, os foliões ganham um Suco Cura Ressaca de abacaxi, limão siciliano, hortelã e água de coco (foto ao lado)!

O Loi também irá apresentar as comemorações carnavalescas da Itália – com exceção das famosas máscaras de Veneza, pouco conhecemos sobre essas tradições! Entre os dias 14 e 22, o chef Salvatore Loi e o restaurateur Ricardo Trevisani apresentam doces tradicionais que são preparados durante a festa. Entre eles está a fritelle, uma massa frita à base de farinha de trigo, ovos, açúcar e fermento, aromatizada com raspas de limão siliciano e licor Sambuca, de anis. Eles contam que essa sobremesa é apresentada de diversas formas por todo o país, desde bolinhos simples recheados com geleia a uma longa espiral polvilhada com açúcar. A versão do restaurante é a mesma preparada pela mãe do chef - um clássico da cidade de Tempio Pausanio, na Sardenha – servida com sorvete de açafrão, um toque criativo do Loi.