Comida de Rua – o melhor da baixa gastronomia paulistana

by Coentro Comunica


 

Da simples barraquinha ao mais lustroso food truck, nós adoramos comida de rua. A gente divulgou e ajudou a bombar essa onda em São Paulo com as inaugurações da Feirinha Gastronômica, Chefs na Rua e Butantan Food Park, além de termos organizado também o Movimento Botando Banca. Por isso, não poderíamos estar mais felizes com o livro da nossa coentrete Bianca Chaer: Comida de Rua – o melhor da baixa gastronomia paulistana. O lançamento será amanhã, dia 27 de março, na Livraria da Vila da Fradique, a partir das 19h! Queremos ver todos vocês lá!

Bianca fez uma longa pesquisa e passou meses comendo só nas ruas da cidade, primeiro para seu TCC da Faculdade Cásper Líbero, e depois para o livro, que conseguiu publicar pela editora Alaúde. Bravo! Ela selecionou 38 lugares para almoçar, jantar, tomar café ou beliscar. Pedimos, então, pra ela dividir com a gente algumas sugestões de programas para o fim de semana que envolvam comidinhas gostosas, e aqui estão:

 Comece o sábado no Ceagesp. Explore as barracas e faça a compra do mês. Peça para provar as frutas, escolha suas preferidas. Tem peixaria também, açougue e até uma parte com plantas e flores! Preencha a dispensa e ainda leve um buquê para embelezar a casa. Antes de ir embora, não deixe de provar o Pernil do Zezé, sanduíche de pernil tradicional com o molho do próprio assado e cebola caramelizada no pão francês! Ele fica no final de semana no portão 3, das 7h às 12h30!

- No domingo, se for dia de jogo do Juventus na Javari, comece o dia por lá e convide os amigos ou a família. Estacione o carro no supermercado Extra ali perto, atravesse a rua e vá direto ao Pastel da Maria original, peça o seu preferido e não se esqueça da molhinho verde caseiro. Depois, caminhe até o estádio e vá torcer pelo Moleque Travesso. Deixe-se contagiar pelo espírito do pessoal da Mooca – super bairrista! No intervalo, de um alô ao seu Antônio e compre dois cannoli, um de chocolate e outro de creme, para poder escolher de qual gosta mais!! Ah, não se esqueça de levar alguns para viagem!

- Se não tiver jogo, ou não for muito fã de futebol, faça um passeio pela Liberdade. No bairro, aproveite para visitar lojas especializadas, fazer compras nos mercadinhos, que têm ingredientes e produtos que não são encontrados facilmente em outras regiões da cidade, e, é claro, almoçar na feira. O Guioza dos Nakamura é do tamanho de um punho fechado! Ele é cozido no vapor e depois passado na chapa, para ficar crocante. Na mesma barraca, uma outra dica é experimentar o Nikumanju, pãozinho bem branquinho de massa fofa no vapor recheado de frango, porco ou carne com legumes, ou ainda somente vegetais, com ou sem curry. O mais bacana é que a família está la desde que a feira inaugurou, e o negócio já é tocado pela segunda geração!