5 canais no YouTube que seres gastronômicos não podem deixar de conhecer

by Coentro Comunica


My Drunk Kitchen

Especialista em trocadilhos, gastronomia, viagem, mais  trocadilhos e abraços (segundo ela mesma), Hannah Hart é uma das figuras mais queridas do YouTube. A jovem de Los Angeles deu início ao seu canal em março de 2011, quando gravou um vídeo no qual tentava preparar um queijo quente – tarefa que seria relativamente simples caso ela não estivesse completamente bêbada. Não demorou para que o divertido “Butter Yo Shit” se transformasse na hilária My Drunk Kitchen, série que ao longo dos anos arrecadou mais de 2,4 milhões de inscritos.

Rolê Gourmet

O Rolê Gourmet, "estrelado" pelos amigos PC Siqueira e Otávio Albuquerque, nasceu em junho de 2012. Assim como Hannah Hart, a dupla preza pelo espírito zoeiro e não tem problemas em gravar intoxicada. Muitas vezes acompanhados por convidados como Clarice Falcão, Carolina Ferraz, Carlos Bertolazzi e Julia Petit, os YouTubers priorizam receitas simples e fáceis, que, no final, sempre são batizadas com um nome divertido. Ex: Milkshake Hipster, Taco do Infarto, Dogão Patrão e Pizza dos Haters.

Receitas de Minuto

Ok, elas não podem ser realizadas em apenas um minuto, as receitas propostas por Gisele Souza levam muito mais tempo que isso. Quando foi morar sozinha, a designer paulistana descobriu duas coisas: o quão legal é se arriscar na cozinha e como o dia-a-dia do brasileiro é corrido. O resultado? Juntar as duas coisas e criar um canal aprimorando essas receitas e truques rápidos.

Danielle Noce

Fundadora do maior site de confeitaria do Brasil, o I Could Kill For Dessert, Danielle Noce veio ao mundo pra nos fazer esquecer a palavra “dieta” e nos esbaldar nas sobremesas mais gordas e maravilhosas do mundo. Mas, o apelo da YouTuber vai além das tortas holandesas, cheescakes de Oreo e dos brownies como creme de caramelo: ela ensina a fazer bons drinks, pratos salgados e, eventualmente, posta vídeos de viagens e vlogs sobre os mais variados assuntos.

Epic Meal Time

Por favor, não repita isso em casa. O canal canadense Epic Meal Time pega receitas que já são trash por si só e as levam ao extremo, criando pratos com valor nutricional de dezenas de milhares de calorias. "Mas por que alguém assistiria isso?", você pode questionar aos quase sete milhões de inscritos. Bem, a resposta é simples: a gangue de cozinheiros liderada por Harley Morenstein faz tudo isso de maneira muito bem humorada. Entre os episódios mais divertidos, está o que "forçam" Jamie Oliver – notório ativista da boa alimentação -- a participar de um vídeo com eles.